Dia dos Pais 2012

Dia dos pais, uma data a se comemorar, alguns são contra dizendo que é comércio, pode até ser também, mas os pais merecem uma comemoração especial.

Ser pai é fácil, mas ser pai, educar, compartilhar, acompanhar, dedicar horas brincando, mostrando o caminho, conversando, respondendo as perguntas mil, não é tão simples.

Alguns pais são ausentes, eu sei, mas qual o motivo desta ausência? trabalho? viagens de negócio? medo? enfim não importa, muitas vezes nós filhos, achamos que é ausência o fato de que num determinado momento, precisarmos da figura paterna, nos sentimos inseguros, e o pai naquele momento único, não estava ali, pronto, como o filho estava com emoção, o que vai ficar registrado era a ausência paterna.

De outra forma cobramos do pai aquilo que ele não teve, não recebeu, portanto não aprendeu a dar, temos que entender que as pessoas, sejam elas pais ou não, só dão o que tem, e muitas vezes, o que elas tem é pouco, em relação ao que o filho acha que precisa.

Entender o pai também é preciso, aceitar que o pai é nosso herói, mas que é um herói humano, com falhas e defeitos.

Obrigado pai, obrigado por tudo o que me deu, se hoje eu sou assim agradeço a você, me perdoa por tudo o que pensei de você, eu não sabia que você estava dando tudo de si para mim.

Eu te amo pai, te amo do fundo do meu coração, eu não vou te abandonar nunca, conte comigo sempre.

Não importa onde você está agora pai, eu sei que estás torcendo por seus filhos.

Um abraço.

Carlos Serpeloni.

Compartilhe com os amigos: