7 atitudes positivas para sair da zona de conforto

1- Peça perdão e abrace uma pessoa que você deixou de falar por qualquer motivo, isto fará você se sentir livre, se a pessoas já morreu ou mora muito longe, faça assim, mesmo, use a imaginação, ajoelhe, reze, ore, medite, eleve seu pensamento a Deus, seja sincero e viverá melhor, se houver mais de uma pessoa, é melhor se perdoar e rever seus conceitos, repita a atitude quantas vezes forem necessárias.

2- Faça algo que nunca fez, que tenha preconceito, visite uma igreja ou templo diferente do que frequenta, aquela que você acha errada, ninguém sabe a verdade, conheça aquilo que não te agrada, pois muitas vezes nem você mesmo sabe o motivo que não gosta, conheça e depois tire suas conclusões.

3- Faça um trabalho voluntário que você julga ruim, dê atenção a um morador de rua, visite um orfanato, visite um asilo, mas nas visitas, fale com as pessoas com interesse, estipule um tempo mínimo de permanência nestes ambientes, mas abrace a pessoa, pegue na mão, olhe nos olhos e escute a história dela.

4- Mude seus hábitos por um dia inteiro, almoce em outro local, acorde em horário diferente, use uma roupa que nunca usaria, diga bom dia a todos que encontrar em sua frente, faça um caminho diferente para o trabalho ou escola ou clube, ouça músicas que sempre criticou, use o relógio no braço oposto, escove os dentes com pasta diferente e com a mão que não é a habitual, ande a pé, dance sem motivo e sem música, coma uma fruta com a mão e se deixe lambuzar.

5- Vá ao teatro, cinema, praia ou qualquer lugar que não tenha o hábito de ir, circo, parque de diversões, pense em algo que não faça ou que nunca fez, anote tudo, mas se solte, viva o momento, leia um livro que não seja o seu estilo, sente no colo de seu pai ou de sua mãe, na ausência, serve tios…, bata palma para uma ação, mesmo que esteja sozinho, dê carona, ria de si mesmo.

6- Olhe no espelho e diga mais de dez qualidades suas, não vale física ou profissão, somente atitudes.

7- Faça um curso ou treinamento que esteja resistindo, pode ser de instrumento musical, dança, comportamento, idiomas, místicos, ou qualquer outro que não conheça.

Todos nós temos hábitos, sejam bons ou maus hábitos, caímos numa zona de conforto, quando desafiamos nossa mente, novos caminhos se abrem, uma nova visão ampliada aparece e depois a vida flui melhor, com mais flexibilidade, menos sofrimento para aceitar o novo, a vida é cheia de novidades, tudo se renova, a cada dia temos que enfrentar números incalculáveis de mudanças, saia da zona de conforto, cresça, evolua, saia da mesmice, exercite o cérebro pensar diferente, busque novos horizontes, seja mais feliz, pratique a sua missão, quando for embora deste planeta, diga: EU ESTIVE AQUI. Deixe um mundo melhor do que encontrou.

Um abraço.
Carlos Serpeloni.

Compartilhe com os amigos: